Sense8 : por que a série é uma obra prima?

Sense8 é uma série norte americana escrita e dirigida por Lilly, Lana Wachowski (Trilogia Matrix) e J. Michael Straczynski. O enredo da série conta a história de 8 personagens que após a morte de uma mulher misteriosa começam a ter visões de outros lugares do planeta, bem como “se ver” em outra pessoa. Inicialmente as aparições parecem confusas, o que dá um tom de mistério e ansiedade a cada capítulo. Ou melhor, a cada instante.

Lilly e Lana Wachowski

Os 8 indivíduos (sensetes) estão ligados tanto de forma emocional como mental. É possível um sentir a angústia e dor do outro, bem como o prazer. Sobre essa hipótese, seriam pessoas diferentes dos Sapiens, uma espécie não contada nos livros.

Durante a segunda temporada, foi apresentado uma nova espécie de homo. O Homo Sensorium. Embora não existam estudos comprovando sua existência, Freud já acreditava que era possível duas pessoas se comunicarem por telepatia. Principalmente antes da invenção da linguem falada. “Os limites da minha linguagem são os limites do meu mundo” já declarava Wittgenstein no Tratado Lógico-Filosófico, de 1921.

 

Diversidade, liberdade e companheirismo

 

Outra questão muito abordada em Sense8 é a liberdade. Seja ela sexual, religiosa ou política. “Quando, alguma vez, a liberdade irrompe numa alma humana, os deuses deixam de poder seja o que for contra esse homem”. Existe no elenco de Sense8 transexuais, gay, héteros, bi. Não existe uma limitação a cenas entre personagens. A questão da liberdade religiosa também é abordada em uma das personagens que vive na índia e acredita em Ganesha.

 

“Um homem não pode ser mais homem do que os outros, porque a liberdade é semelhantemente infinita em cada um. ”

 

Conspiração do Governo

 

Imaginem que alguém pode compartilhar suas habilidades com vocês, isso de forma integral em um outro corpo. Ou seja, você não sabe lutar, mas alguém que é sensete do seu grupo poderá compartilhar as habilidades de luta de, dessa forma você instantaneamente será um lutador por algum momento. Interessante e bastante útil, não é?

Imaginem que alguém também poderá visitar você sem que saia de casa, apenas olhando pelos seus olhos. Dito isso de outra forma, estando presente em os sentidos, menos fisicamente.

 

Já imaginaram as infinitas possibilidades militares com essas habilidades? Na série é desenvolvida uma trama em que uma organização governamental luta para acabar com a espécie. A OPB (Organização de preservação biológica) tem diversas atividades mundiais para combater os sense8, sendo ela originalmente criada para dar apoio.

 

Ciência em Sense8

 

Desde Freud que a teoria de comunicação por telepatia teve estudos aplicados. No Brasil pesquisas desse teor foram feitas pelo psicanalista Paulo Bregantin.

 

Você já ouviu falar em Ressonância Límbica?

 

“Ressonância límbica é uma capacidade dos mamíferos de entrar em sintonia com as manifestações internas dos outros. É a capacidade de sentir e até mesmo entender o que o outro sente. É um fenômeno que podemos dizer físico, anatômico, psicológico e espiritual.” Paulo Bregantin.

Goethe, um renomado escritor alemão acreditava que cada um sente de uma forma específica. Quando dizemos que sentimos o mesmo que outra pessoa, que sabemos o que ela sente, não estaríamos de fato com essa certeza. Com a possibilidade de comunicação explorada em Sense8, essa teoria de Goethe seria revisitada.

 

Seria possível essa comunicação?

 

Até termos uma comprovação de uma maravilhosa espécie que seria essa, ficamos com a imaginação e possibilidade de que algum dia as pessoas sejam mais próximas e não tão sozinhas. É possível percebermos que muitas vezes algumas pessoas estão próximas, mas distantes e alheias à outra. Em algum lugar, quem sabe, alguém sente o mesmo que você.

 

Créditos das imagens : Página Sense8 Brasil