Onde o amor se perdeu?

Onde o amor se perdeu?

Somos seres incompletos, “quebrados”. A união de nossas almas e corpos seria a forma de nos completarmos. Assim era o pensamento de Platão sobre o Amor. Assim era a definição de um sentimento que hoje é quase um insulto.   Na Grécia antiga, a relação entre homens era constante. Isso é inegável. Entretanto, muitos ainda tendem a assemelhar tal relação na antiguidade com homossexualidade contemporâneo ou algo vulgar, visto que a relação era mais presente entre mestre e aprendiz. Naquela época a relação era pedagógica, Continue lendo

II Encontro Sertanejo de Escritores e Leitores

II Encontro Sertanejo de Escritores e Leitores

No ano passado iniciamos o Encontro Sertanejo de Escritores e leitores, evento esse que contou com a participação de expressivo número de leitores, escritores e curiosos na cidade de São Miguel do Aleixo-SE. Ali todos se juntavam para aprender sobre diversos temas. Durante muitos anos era quase um trabalho hercúleo a publicação e participação em um livro. Seja pelo alto valor, seja pela falta de informações disponíveis para todos. Com o advento da web, as informações foram se difundindo e alcançando um maior número de Continue lendo

Melhore seus argumentos

Melhore seus argumentos

Quem, em determinada discussão, não perdeu o fio da razão em seus argumentos e se propôs a insultos e elevação no tom da voz, como forma de vencer a discussão, que atire a primeira pedra. Ou palavra. Trabalhar a forma de argumentação é difícil, afinal somos humanos e, como tais, em parte movidos pelos sentimentos: amor, ódio, decepção, dentre outros. Um dos maiores nomes da filosofia imaginava que o discurso poderia ser construído de partes, para melhor compreensão. Para Aristóteles, “Ao fazer um discurso é Continue lendo

Em suma, você é apenas mais um tijolo no muro

Em suma, você é apenas mais um tijolo no muro

Você é apenas mais um tijolo no muro esperando mais um para seguir o rumo traçado. O título poderia ser qualquer outro, mas especificamente foi retirado de uma icônica música dos anos 60, em sua versão original a frase: “All in all, you’re just another brick in the wall”. Para os amantes da música clássica, a referência já é conhecida. E de longa data. Em todos os períodos que se tem conhecimento, nascem pessoas que por mais que pensemos que cada um faz seu caminho, Continue lendo