Quero investir 500 mil : o que devo fazer?

Quero investir 500 mil. Ao ler uma frase assim, as possibilidades de investimento podem surgir à cabeça. O que fazer com tanto dinheiro? Quem dispões desse valor total para investimento? Investir em que? Seria investimento mais conservador ou algo mais agressivo? Renda Fixa ou variável? Retorno a curto ou longo prazo?

quero investir
quero investir 500 mil

Levando em consideração o valor, você poderia investir em todos essas formas. Bastava fatiar o valor em quantidades que fossem divididas de acordo com a necessidade e objetivo. Simples. No entanto, é possível percebermos que você poderá ganhar sobre esse valor investido ou poderá perder. E em seguida recuperar esse dinheiro. Em outras palavras, quando fizer um bom investimento fará o dinheiro trabalhar por você. E não o contrário. Mas cabe aqui um parêntese, uma observação, um adendo que complementará o raciocínio: não falei em moedas. Não falei em dinheiro nenhum.

Todos ao lerem a frase “Quero investir 500 mil”, já pensam no valor financeiro pois é a isso que normalmente pensamos em primeiro lugar. Mas aqui quero falar do investimento do seu tempo. Já parou para pensar que seu tempo é um investimento? Ao contrário do dinheiro, o tempo é limitado, mas é democrático. É igual para todos. Você pode até dizer que alguém tem mais tempo que você, mas como fulano tem mais tempo se todos temos 24h por dia? Evidentemente que algumas pessoas trabalham menos que outras, seja por horas/dia ou dias/meses. Independentemente da forma, algumas pessoas trabalham menos. Mas e daí? Isso quer dizer que elas têm mais tempo que você?

tempo e investimento

Quem é você nessa história?

Se você é daquelas pessoas que trabalha muito e tem um tempo limitado em casa ou qualquer outro lugar que gostaria de estar, o que você faz com esse recurso escasso e limitado? Afinal, tempus fugit e em determinado momento não existiremos mais.

Seu tempo é um recurso precioso, então porque você gastaria ele vivendo uma vida alheia, se preocupando com coisas que não lhe trarão benefícios ou julgando as pessoas pelas escolhas que fizeram? Às vezes a vida dá caminhos diferentes para pessoas que por muito tempo caminharam juntas. É normal e faz parte do ciclo da vida e do universo. Em outras palavras, equilíbrio.

Dito isso de outra forma, pense bem antes de usar seu tempo para coisas sem importância e que não dependem de você. A exemplo, você pode fazer o que estiver ao seu alcance para alguém se interessar por você, mas não depende de você que aquela pessoa goste. Não é algo que está sob seu controle. Então por que desperdiçar o seu valioso tempo? São pouco mais de 500 mil minutos ao ano, e você terá que escolher como usá-los. Não existe a opção do tempo trabalhar por você. Nesse investimento não há como ter juros compostos.

Dessa forma, reiterando o que já foi dito, façamos de nosso tempo uma dádiva. Seja da natureza, de Deus, ou do que acreditar. Se ainda não fez, ainda há tempo. Tempora mutantur nos et mutamur in illis. Faça dele seu melhor investimento. Faça dele seu bem mais preciso.